IndieLisboa’13

IndieLisboa13.tamb.m.mete.m.sica.375x250De 18 a 28 de Abril vai estar a decorrer em Lisboa a 10ª edição do festival de cinema independente IndieLisboa, com sessões no Cinema São Jorge, na Culturgest e no Cinema City Classic Alvalade. Para comemorar os 10 anos de existência, e opondo-se ao clima de crise, a organização apostou numa programação ambiciosa exibindo um total de 246 filmes, dos quais 45 portugueses de produção recente.

A programação reparte-se pelas várias secções que têm vindo a compor o festival.

A Competição Internacional conta com diversas curtas e 11 longas metragens, duas das quais portuguesas: A Batalha de Tabatô (João Viana)  menção especial na Berlinale, e Lacrau (João Vladimiro).

Reunindo os filmes portugueses, longas e curtas-metragens, exibidos nas várias secções do festival, a Competição Nacional propõe-nos 11 longas e 16 curtas-metragens.

Também voltada para a produção nacional, a secção Novíssimos, estreada na edição passada e onde são exibidos primeiros filmes de jovens cineastas portugues@s, assume este ano o formato de competição.

O festival conta com uma outra secção competitiva: Pulsar do Mundo é composta por documentários, curtas ou longas-metragens, abordando temas da actualidade política.

A secção Observatório exibe obras de conceituad@s realizador@s ainda inéditas em território nacional. Este ano, esta secção integrará pela primeira vez a rubrica Foco Observatório. A estreia desta sub-secção caberá ao austríaco Ulrich Seidl. Será exibida a sua triologia Paradies em diálogo com três documentários do mesmo realizador que com ela evidenciam semelhanças temáticas e formais.

Desta secção fazem parte os filmes da Sessão de Abertura e da Sessão de Encerramento do festival, No e Before Midnight, respectivamente. O primeiro, com Gael García Bernal como protagonista, é último filme de Pablo Larraín, que já apresentou em edições anteriores os seus filmes Tony Manero e Post Mortem. Before Midnight, com Ethan Hawke e Delpy nos principais papéis, é o filme que fecha a triologia Before, de Richard Linklater, iniciada em com Before Sunrise. A escolha deste filme para fechar a 10ª edição do festival está carregada de simbolismo, já que Before Sunset, o segundo elemento do conjunto, foi o filme de abertura da 1ª edição do festival, em 2004.

Cinema emergente, como o nome indica, é uma secção que apresenta ao público português talentos emergentes do cinema contemporâneo e algum do cinema mais experimental recentemente produzido.

Uma ponte entre o passado e o presente da sétima arte, Director’s Cut exibe filmes que trabalham a memória do cinema. Este ano esta secção é feita em colaboração da cinemateca para a sub-secção Director’s Cut em Contexto com filmes que serviram de pretexto ou inspiração para os filmes exibidos na secção.

Na secção Indiemusic são exibidos documentários de temática musical ou filmes-concerto. Paralelamente, a programação Indie by Night prevê um conjunto de concertos e festas temáticas.

Com vista a fomentar entre os mais novos o gosto pela cultura, e em particular pelo cinema, o festival inclui ainda  secção IndieJúnior.

Fora das secções, há um conjunto de sessões especiais composto por quatro novas longas-metragens portuguesas e quatro programas criados especificamente para o festival, uma carta branca ao festival Regard sur le Court Metrage au Saguenay e, em jeito de substituição da extinta secção Herói Independente, uma retrospectiva quase integral da obra do irlandês Patrick Jolley, falecido em 2012.

A completar a programação, realizam-se na Universidade Lusófona as Lisbon Talks, de 2ª a 6ª às 18:30. A entrada é livre.

Para além de tudo isto, há ainda a possibilidade de acompanhar várias actividades do festival via livestream!

Podem consultar a programação mais detalhadamente neste pdf.

Os bilhetes custam 4€ por sessão, mas jovens até aos 30, maiores de 65 e desempregados têm direito a desconto, ficando o preço a 3,5€ por sessão. No caso das sessões na cinemateca, cada bilhete custa 3,20€. Há ainda a possibilidade de comprar cadernetas voucher de 10 bilhetes (30€) ou de 20 bilhetes (55€).

A oferta é rica e variada, pelo que, para os que se sentem perdidos, elaborámos uma lista dos filmes que considerámos mais relevantes!…

Vemo-nos por lá!

Anúncios